Benefícios do voluntariado na terceira idade

Além das recompensas intrínsecas de ajudar os outros, o voluntariado promove a saúde física e mental e ajuda as pessoas idosas a viveram uma vida mais ativa

Sonhos para 2018
5 resoluções de ano novo, especialmente para os idosos
28 Dezembro, 2017
Mulher cansada a mexer no pescoço
Como combater o cansaço? Especialmente quando somos idosos
18 Janeiro, 2018
O voluntariado ajuda os idosos a serem mais ativo

Praticar voluntariado na terceira idade traz vários benefícios aos idosos e ao longo deste artigo saberá quais. Todos nos sabemos que não há nada mais gratificante que fazer a diferença na vida de alguém. Mas a verdade é que esta atividade é um caminho de dois sentidos. Ou seja, os benefícios não são apenas para a pessoa que está a ser ajudada, mas também é benéfico para quem pratica, principalmente na terceira idade.

À medida que se envelhece, mais precisamente na reforma, são muitos os idosos que estranham uma nova rotina, sem responsabilidades profissionais e sem horários. Na boa verdade, este é o momento ideal para fazer o que realmente se gosta, mas nem sempre as coisas acontecem desta forma. A falta de atividades pode contribuir para a solidão e depressão, especialmente se existe uma mudança drástica de um estilo de vida ativo e ocupado que liderou durante várias décadas.

A maioria dos idosos que vivem a reforma procuram atividades que possam mantê-los ocupados e o voluntariado apresenta-se com uma excelente solução que oferece inúmeros benefícios.

Benefícios do voluntariado na terceira idade

O voluntariado na terceira idade oferece inúmeros benefícios às pessoas idosas. Promove o envelhecimento ativo, melhorando a qualidade de vida dos idosos. Vejamos alguns dos benefícios do trabalho de voluntariado:

O voluntariado ajuda a combater sentimentos negativos

O voluntariado na terceira idade ajuda a combater efeitos do stress, irritação e ansiedade, cada vez mais comuns à medida que se envelhece. Ajudar o outro pode ter um efeito profundo no bem-estar psicológico das pessoas idosas.

O voluntariado combate a depressão.

O isolamento social e a solidão são preocupações e medos comuns entre idosos. O voluntariado na terceira idade mantém as pessoas idosos em contato regular com outros e ajuda a desenvolver um sistema de suporte sólido, que, por sua vez, protege-os contra a depressão e o isolamento.

O trabalho de voluntariado ajuda as pessoas idosas a terem um novo propósito de vida

O voluntariado na terceira idade pode ajudar a prevenir doenças como Alzheimer.

De acordo com o National Institute on Aging (Instituto Nacional do Envelhecimento), participar em atividades de lazer social e atividades significativas e produtivas, como o voluntariado, pode reduzir o risco de problemas de saúde nos idosos, incluindo a demência, além de melhorar a longevidade.  Ser voluntário pode ajudar a manter o cérebro e o corpo ativos, o que contribui para a contínua saúde cognitiva.

O voluntariado na terceira idade aumenta a autoconfiança.

O voluntariado na terceira idade proporciona um sentido natural de realização, orgulho e identidade, promovendo a autoconfiança de quem faz voluntariado.

O voluntariado na terceira idade proporciona um sentido de propósito.

As pessoas idosas, especialmente aquelas que estão na reforma ou perderam um cônjuge, podem encontrar novos significados e direção nas suas vidas ajudando os outros. O voluntariado pode ajudar a “esquecer” as preocupações, ao mesmo tempo que mantém os idosos mentalmente estimulados, acrescentando mais entusiasmo às suas vida.

O voluntariado na terceira idade ajuda os idosos a manterem-se fisicamente saudáveis, promovendo o envelhecimento ativo.

O trabalho de voluntariado implica movimento. As pessoas idosas voluntárias tendem a andar mais, acham mais fácil lidar com as tarefas diárias, são menos propensos a desenvolver hipertensão e possuem melhores habilidades de pensamento. O voluntariado também pode diminuir os sintomas de dor crônica e reduzir o risco de doença cardíaca.

Tenho mobilidade limitada. Posso fazer voluntariado?

Muitos idosos não abraçam o voluntariado, pois, temem que a sua condição física seja um obstáculo para realizar esta atividade. Principalmente para aqueles que sentem dificuldades em andar, a deslocação para os locais de voluntariado pode ser um verdadeiro desafio, mesmo que o trabalho de voluntariado não envolva grande esforço físico. Como na maioria das vezes preferem não incomodar os familiares, acabam por desistir de fazer trabalho voluntário.

O trabalho voluntário ajuda no combate à solidão e depressão

Existem algumas soluções para estes casos particulares. Se pretende fazer trabalho de voluntariado fora de casa, poderá optar por adquirir uma scooter de mobilidade, solução indicada para pessoas com dificuldades em andar que pretendem manter uma vida ativa e livre. Estes equipamentos permitem que pessoas com mobilidade reduzida possam facilmente deslocar-se com conforto e segurança.

Outra sugestão passa pelo voluntariado online, ainda que seja um tipo de voluntariado pouco divulgado em Portugal, existem formas de ajudar sem sair de casa. Poderá obter mais informação nos seguintes sites:

  • Bolsa do Voluntariado: “Mercado virtual” de voluntariado que promove o encontro entre a procura e oferta de trabalho voluntário (online ou no local);
  • ONU Online Volunteering: A plataforma online da ONU está disponível em inglês, espanhol e francês.
  • Be my eyes: Aplicação grátis para ajudar pessoas cegas ou com problemas de visão. Pode “emprestar os seus olhos”, através de uma conexão de vídeo.

Onde posso realizar trabalho voluntário em Portugal?

Existem inúmeras oportunidades de voluntariado disponíveis. A chave é encontrar uma posição de voluntário onde se sinta verdadeiramente realizado. Também é importante garantir que o seu compromisso corresponde às necessidades da organização. Faça estas questões a si mesmo:

  • Gostava de trabalhar com adultos, crianças, animais ou a partir de casa?
  • Prefere trabalhar sozinho ou fazer parte de uma equipa?
  • Quanto tempo vai dedicar ao projeto de voluntariado?
  • Quais as causas mais importantes para si?

O voluntariado na terceira idade proporciona um sentido natural de realização, orgulho e identidade

Depois de responder a estas questões, o passo seguinte passa por encontrar uma instituição que cumpra os objetivos por si traçados. No entanto, mesmo que não encontre o projeto perfeito, não desista e dê oportunidade ao trabalho de voluntariado. Por vezes, é nos sítios menos improváveis que encontramos um sentido de vida, uma nova realização.

Em Portugal, existe um leque variado de organizações onde poderá procurar projetos de voluntariado:

  • Banco local de voluntariado: plataforma criada em parceria com as câmaras municipais de cada cidade com o objetivo de promover o voluntariado local. Poderá pesquisar através da internet colocando a sua cidade ou, se preferir, poderá pedir informações junto da sua junta de freguesia ou câmara municipal;
  • Cruz Vermelha: Há uma grande variedade de oportunidades de voluntariado na Cruz Vermelha Portuguesa. Algumas posições são de curta duração, enquanto outras exigem um compromisso mais longo. Alguns trabalhos têm de ser feitos em locais específicos, mas muitos podem ser feitos à distância ou virtualmente;
  • Voluntariado com animais: Existem diferentes projetos de voluntariado com animais, por isso, sugerimos uma lista de instituições que ajudam os animais. Além da causa, o convívio com animais traz vários benefícios às pessoas idosas, por isso, caso seja uma pessoa que gosta de animais, este será, sem dúvida, o projeto de solidariedade perfeito.
  • Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado: pode pesquisar por ações de voluntariado por concelho, tipo de atividade, público alvo e pode ainda pesquisar bancos de voluntariado locais, funcionando como uma espécie de classificados para voluntários.

Agora que conhece os benefícios do voluntariado na terceira idade, facilmente perceberá que o trabalho de voluntariado é uma estrada de dois sentidos, onde todos beneficiam. Está pronto para abraçar um novo projeto de solidariedade? Partilhe connosco a sua escolha.

Stannah
Stannah
Editor da Stannah

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O seu endereço de email não será publicado.