Acessibilidade em Casa: 5 Espaços para Melhorar a Acessibilidade

imagem de uma casa
Artigo atualizado em: 09 de Julho de 2019

Acessibilidade em casa é a chave para que pessoas com mobilidade reduzida consigam viver autónomas e em segurança no conforto dos seus lares. Para pessoas idosas, por exemplo, que geralmente possuem mobilidade reduzida, ou pessoas que sofram de condições como problemas nas articulações, o risco de quedas pode ser fatal.

No entanto, às vezes não sabemos por onde começar essa mudança para a acessibilidade. Neste artigo, delineamos 5 espaços em casa onde pode melhorar a acessibilidade e sugerimos algumas soluções.

1. Ter um piso plano e amplo é essencial.

Conseguir a acessibilidade ideal pode ser tão simples como reorganizar alguns móveis da sua casa. Dê um passeio pelos corredores, sala de estar, cozinha e casas de banho, e observe as áreas específicas que se apresentem como um perigo potencial para a sua segurança e acessibilidade. Mantenha também as coisas sempre arrumadas para não tropeçar em objetos espalhados pela casa.

Equipamentos para pessoas com mobilidade reduzida como cadeiras de rodas ou cadeiras de rodas eléctricas movem-se com maior facilidade quando as viagens são feitas em piso consistente, em vez de alcatifa. Apesar de ser um investimento, caso pretenda/necessita de fazer esta readaptação, tenha em consideração a sua segurança dentro de casa.

piso de casa mobilidade

Prefira pisos planos e consistentes que facilite o movimento de equipamentos de mobilidade.

2. Torne as entradas das divisões da sua casa acessíveis.

A maioria das entradas das divisões das casas portuguesas têm pequenos patamares que podem tornar-se verdadeiros desafios. Vença estes obstáculos colocando uma rampa, caso utilize uma cadeira de rodas eléctrica ou uma scooter de mobilidade para interiores.

casa espaços

Portas e corredores largos são ideais para garantir uma deslocação segura dentro da sua casa

3. Corredores e espaços apertados

Não se esqueça dos corredores, portas e outros espaços apertados. Certifique-se que corredores, portas e outros espaços apertados são confortavelmente acessíveis para garantir uma viagem segura em sua casa. Se tem pouco espaço no corredor, evite colocar aparadores e outros objetos que possam constituir obstáculo – especialmente para o caso de usar cadeira de rodas ou scooters. Se não for o caso e houver pessoas com dificuldades de mobilidade a viver no local, pode optar por instalar corrimão nas laterais do corredor para segurar ao atravessar.

4. Segurança nas escadas

Para subir e descer escadas, considere uma solução que lhe garanta a máxima segurança e reduza o risco de quedas, como é o caso de um elevador de escadas. Desta forma, pode deslocar-se por todos os pisos da sua residência. E visto que estamos a falar de acessibilidade, convêm explicar que alguns modelos de elevadores de escadas quando não estão a ser utilizados permitem rebater o assento e o apoio de pés e braços, criando ainda mais espaço.

Outras opções para tornar as escadas mais seguras são:

5. Casas de banho seguras e acessíveis

As casas de banho também devem estar entre as preocupações principais, uma vez que pisos molhados e mesmo o próprio espaço de duche pode oferecer risco às pessoas com mobilidade reduzida, ou ser uma barreira para a privacidade e autonomia de pessoas com deficiências físicas. O primeiro passo para uma casa de banho mais segura é aplicar material antiderrapante no piso, evitando, assim, riscos de quedas durante ou após o banho.

Outras soluções de banho podem incluir:

Já passou por esta experiência ou conhece alguém com uma história sobre este tema? Como reagiu?
Partilhe connosco na caixa abaixo!

Escrito por: stannah pt a 10-09-2016