Uma plataforma elevatória como solução para uma vida autónoma, sem obstáculos de acessibilidade

Conheça a história de Augusto Sousa, paraplégico há 44 anos, que sempre desejou viver uma vida sem limitações. Saiba como a Stannah ajudou!

Imagem de uma idosa a usar uma scooter de mobilidade Stannah
Uma mãezona aos 93 anos! (e com uma carinha linda, admitam)
6 Maio, 2018
Como é que a natação pode melhorar o nosso equilíbrio?
Como é que a natação pode melhorar o nosso equilíbrio?
6 Junho, 2018
Imagem de um casal ao lado de uma plataforma elevatória Stannah

Quem nos abre a porta é a esposa, Maria Conceição Sousa, que prontamente nos diz que o Sr. Augusto está para chegar. Minutos depois chega e convida-nos a entrar na sua casa. Desde cedo percebemos que a sua condição física não era impedimento de realizar as suas atividades diárias como, por exemplo, conduzir. No entanto, mal entramos desabafa que nem sempre foi fácil superar este desafio, mas aos poucos e sem nunca desistir, foi encontrando solução para tudo. E com esse objetivo em mente, conheceu a Stannah, pois, precisava de encontrar uma solução que o ajudasse a entrar e a sair de casa, sem ajuda da esposa e em segurança.

A dificuldade que não esperava

Aos 24 anos de idade, Sr. Augusto viu a sua vida mudar depois de um acidente que lhe roubou a mobilidade nos membros inferiores. “Era um dia normal que veio a tornar-se trágico para mim. Enquanto conduzia a minha motorizada passei por um carro estacionado na berma e, naquele preciso momento, o condutor abriu a porta que foi contra mim. Caí para a faixa contrário e passou um carro que me atropelou”.

O pior veio a descobrir-se, mais tarde, no hospital. O acidente que sofreu mudou a sua condição de mobilidade e, desde então, está paraplégico. No início, comenta, que foi muito difícil lidar com a situação. “Sempre fui uma pessoa muito ativa e independente e, de repente, percebi que não ia ser fácil continuar com a vida que tinha. Foram momentos muito difíceis e a adaptação a esta nova vida não foi um processo simples”.

No entanto, nunca desistiu de lutar e sempre fez de tudo para que o impacto deste trágico acidente fosse menor. Readaptou a sua vida e continuou a trabalhar como vendedor de lotaria, reaprendeu a conduzir e, aos poucos, aprendeu a realizar todas as tarefas diárias, sempre com a ajuda de uma cadeira de rodas ou canadianas. “Hoje, com 66 anos, posso dizer que, apesar da minha condição de mobilidade, consigo manter uma vida ativa. Não é tarefa fácil para um paraplégico. Todos os dias deparamo-nos com obstáculos, mas fui adaptando-me à minha nova condição de mobilidade”.

imagem de uma plataforma elevatória com utilizador

E tem sido assim há 44 anos. Um dia e uma vitória de cada vez, sempre com o apoio da sua família. Contudo, existia ainda uma dificuldade por resolver: o acesso seguro e independente à sua casa, pois, a única maneira de entrar/sair da sua habitação é utilizando as escadas e, como explica, “não é tarefa nada fácil”.

As dificuldades em entrar/sair de casa

Todos os dias era mesma rotina, por vezes, mais que uma vez ao dia. “Sempre que queria entrar/sair de casa tinha que esperar pela ajuda da minha esposa. Não era fácil, nem para mim nem para ela e sabíamos o risco que corríamos cada vez que o fazíamos. A rotina era sempre a mesma e sempre de forma insegura. Apoiava-me no ombro da minha esposa e saltava de degrau em degrau, até conseguir chegar ao destino.”

Além disso, conta-nos que, muitas vezes, ficava horas em casa, sem conseguir sair, pois, a sua esposa tinha que se ausentar e sem a sua ajuda era impossível descer o lanço de escadas de casa. Diz-nos ainda que, com o avançar da idade, cada vez mais se tornava difícil e perigoso subir/descer as escadas através deste método. “A força já não é a mesma e sentia que precisava de arranjar uma solução segura para resolver este problema”.
 

Decidiu, então, procurar uma solução de mobilidade segura que o ajudasse a vencer as dificuldades de subir/descer as escadas de casa. Contactou a Stannah e, diz-nos, que após, uma avaliação à condição de mobilidade e local, ficou a conhecer o equipamento mais indicado para a sua situação. “O especialista da Stannah veio a minha casa e avaliou a minha condição física. Depois, tirou as medidas às escadas e apresentou-me as soluções mais indicadas ao meu caso, bem como o orçamento”.
 
imagem de uma plataforma elevatória com resguardo
 
Confessa que sabia que a solução de mobilidade o iria ajudar, mas que nunca pensou que fosse mesmo mudar a sua vida. “Todos sabem que estes equipamentos são pensados para ajudar pessoas com mobilidade reduzida, no entanto, só quando experimentamos e usufruímos deles é que percebemos o seu verdadeiro beneficio. Sei que fiz uma boa escolha.”

A história do Sr. Augusto é, sem dúvida, um verdadeiro exemplo para todos. Apesar do infeliz acidente que lhe roubou a mobilidade, nunca desistiu de viver uma vida feliz e independente.

Gostava de saber mais sobre as nossas plataformas elevatórias? Preencha o formulário de contacto. Teremos todo o gosto em apresentar-lhe a nossa gama de soluções para diferentes desafios de acessibilidade.

Stannah
Stannah
Editor da Stannah

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O seu endereço de email não será publicado.