Atividades e jogos para idosos em lares e centros de dia

Conheça 11 jogos para idosos em lares e centros de dia que vão animar toda a gente. Sugira-os ao seu grupo de amigos e prepare-se para muitas gargalhadas.

Escrito por: Stannah a 27-01-2017

Nos lares e centros de dia, nem sempre é fácil manter os idosos animados. A perda de algumas capacidades físicas e cognitivas pode afetar seriamente o estado de espírito dos idosos, o que leva a que muitos acabem por criar rotinas muito monótonas e solitárias que só contribuem para a perda de qualidade de vida. Por isso, é importante que nos lares e nos centros de dia se realizem atividades e jogos devidamente adequados às limitações de cada pessoa. Estas atividades recreativas devem, acima de tudo, proporcionar novas descobertas e ensinamentos, momentos de alegria e descontração onde as capacidades e competências de cada pessoa são tidas em conta.

Os jogos para idosos e as atividades recreativas em lares e centros de dia são formas altamente positivas de manter o idoso ou alguém com mobilidade reduzida mais ativa e animada. No entanto, estas atividades não deverão ser impostas ou apresentadas como uma obrigação, caso contrário a pessoa poderá recusar-se a participar apenas por uma questão de insegurança e medo de ver alterada uma rotina que lhe é familiar e na qual se sente segura. Assim, ao propor atividades como as que sugerimos aqui, deverá ser dado um incentivo subtil para promover a participação e falar abertamente acerca dos jogos para que todos queiram experimentar.

Em seguida, fique a conhecer estas 11 atividades recreativas para idosos em lares e centros de dia:

1. Jogos de mesa

O dominó é uma excelente opção para jogos de mesa!

Os jogos de mesa são um clássico dos jogos lúdicos para idosos. À semelhança de outros jogos de mesa, esta é uma atividade recreativa que promove a interação social e que permite a criação de novas amizades. Além da interação social, é também possível melhorar a capacidade de perceção, memória, agilidade e tempo de reação.

O dominó é outro jogo de mesa bastante popular entre os mais idosos. O número de jogadores pode variar entre as duas e quatro pessoas, tornando-se assim num jogo perfeito para formar diferentes equipas e criar uma divertida e saudável competição.

Outros exemplos de jogos de mesa incluem: bingo e damas.

2. Jogos de cartas

Nada como o conhecimento de vários anos a ganhar à sueca para começar bem o dia.

Os jogos de cartas são uma excelente forma de reunir todos os idosos que se encontram em lares e centros de dia para dias bem passados. Estes exigem agilidade mental, o que ajuda a preservar e melhorar as capacidades cognitivas dos jogadores e fomentando, ao mesmo tempo, o espírito de equipa e a superação de desafios.

3. Jogo da Mímica (também conhecido por Jogo dos Gestos)

O jogo da mímica é um daqueles jogos que de certeza irá provocar muitas gargalhadas e momentos de alegria. Este é um jogo onde se podem formar várias equipas, sendo que não há exatamente um limite para o número de participantes.

No que a regras diz respeito, o representante da equipa deverá, por meio de gestos, tentar passar uma determinada mensagem ao seu grupo e para que este o diga em voz alta. Este jogo promove a interação social e o espírito de equipa e é excelente para trabalhar a motricidade. Hoje em dia, é possível encontrar vários jogos de tabuleiro que têm por base esta ideia como, por exemplo, o Pictionary.

4. O contador de costumes e tradições

Esta atividade é uma ótima forma dos idosos partilharem as suas experiências de vida. Para a colocar em prática basta pensar em algumas perguntas interessantes e que despertem o interesse de quem participa, como por exemplo:

Relembrar eventos passados pode ajudar a preservar e a melhorar a memória e permite à pessoa recordar histórias muitas vezes esquecidas.

5. Sessões de Leitura

atividade de leitura para idosos em centros de dia e lares

Livros são recomendados para qualquer idade, sejam eles em papel ou digitais

Para alguns idosos uma das coisas que se perde com o avançar da idade é a vontade de ler e escrever. As sessões de leitura permitem incentivar quem tenha perdido o interesse pela leitura. Ler reduz o stress, melhora a memória e fortalece o cérebro. Para além disso, as sessões de leitura conjuntas em lares ou centros de dia são mais motivadoras para os idosos.

6. Artesanato

Artesanato como atividade para idosos em lares e centros do dia

Trabalhar o barro envolve tacto, arte e precisão nos detalhes

Esta é das atividades recreativas mais completas e em que o idoso pode trabalhar tanto a pintura, como o desenho, a escultura ou decoração de molduras, canecas e outros objetos. Acaba por ser uma atividade de autoconhecimento que ajuda a evitar a solidão, a depressão e a desenvolver a motricidade manual, promover a criatividade e aumentar a autoestima.

7. Música

musica como atividade para centros do dia e lares

Ponha a sua música preferida e desafie um amigo a formar um par de dança

A música incentiva a interação em grupo, o convívio e o reconhecimento da cultura de cada um. Através da música e do canto é possível estimular a participação de todos. Para além disto, a música e o canto atuam no desenvolvimento da inteligência espacial, aumentam a concentração e o raciocínio lógico, reduzem a fadiga e o stress no dia a dia, aumentam as atividades psicomotoras e ajudam a prevenir doenças cardiovasculares.

8. Dança

Dança é uma atividade que exercita o corpo e a mente.

Dançar ajuda a exercitar o corpo e a mente e é uma excelente forma de aliar a recreação para idosos com a atividade física. Promove a interação entre pessoas o que garante o benefício das relações afetivas para os idosos.

9. Atividades para estimular a mente

atividades para estimular a mente idosa

Palavras cruzadas são um exemplo de jogos que estimulam a memória e interacção de todos.

Estas atividades têm como objetivo fomentar a retenção de conhecimentos e sensações, estimular e desenvolver a atividade mental, melhorar a memória e promover o envelhecimento ativo (clique para saber mais sobre).

Conheça alguns exemplos de jogos tradicionais para idosos que podem ser desenvolvidos em lares e centros de dia:

Este tipo de jogos lúdicos pode retardar ou prevenir doenças como o Alzheimer, algumas demências e transtornos mentais.

10. Atividades sensoriais

O intuito deste tipo de atividade é desenvolver os sentidos do tato, audição e olfato. Os sentidos vão-se perdendo à medida que a idade avança, por isso jogos como o jogo dos sabores, o jogo dos cheiros e identificar sons/objetos ajudam a melhorar a qualidade de vida do idoso.

11. Passeios de um dia

Um passeio ao ar livre pode fazer maravilhas!

Passar algumas horas ao ar livre é uma atividade recomendável em qualquer idade. No entanto, para idosos em lares e centros de dia, é particularmente importante disfrutar de algumas horas no exterior do local onde passam maior parte do dia. Uma ida até ao jardim ou ao parque da cidade pode trazer imensos benefícios, desde uma melhoria do estado de espírito até à absorção de vitamina D proporcionada pela exposição ao sol.

E para os idosos com problemas de mobilidade reduzida, hoje em dia existem soluções de mobilidade que podem facilitar esta deslocação como, por exemplo, as scooters de mobilidade. Na Stannah, temos diferentes modelos de scooters, pensadas para responder às necessidades de diferentes utilizadores. Independentemente do modelo, são todas simples e seguras de usar, e não necessitam de carta de condução ou seguro. Assim, e em dias que convidam a um passeio ao ar livre, uma scooter de mobilidade Stannah revela-se uma ótima solução para facilitar a deslocação de idosos com mobilidade reduzida, contribuindo para o seu bem-estar e uma vida mais ativa.

11. Exercício Físico

Muitos lares e centros de dia incentivam ao exercício físico entre os idosos com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e desenvolver as suas capacidades físicas e intelectuais. Os exercícios possíveis são variados, como por exemplo o Bóccia, Bowling, encestar uma bola num balde, exercícios na bola de Pilates, tiro ao alvo, entre outros. Estes são exercícios divertidos que pretendem desenvolver a destreza física e aumentar a coordenação motora do idoso. Podem ser feitos em grupos grandes ou em grupos de duas pessoas.

As atividades recreativas podem tornar os lares e centros de dia espaços alegres e animados. Tem agora à sua disposição uma lista completa de 11 jogos para idosos em lares e centros de dia. Qual o seu jogo preferido? Lembra-se de mais algum? Partilhe connosco a sua opinião!

Para idosos que vivem sozinhos, a segurança é fundamental

Muitos idosos preferem permanecer no conforto das próprias casas enquanto se sentem ativos e capazes de manter as suas rotinas diárias. Mas para isso é fundamental assegurar todas as condições de segurança e minimizar ao máximo o risco de acidentes como, por exemplo, a ocorrência de quedas.

As quedas são o acidente mais comum entre a população idosa e as suas consequências podem ser fatais. Um dos locais mais comuns para a ocorrência de uma queda em casa é a casa de banho (a entrada e saída da banheira) e nas escadas. Felizmente, hoje em dia, já existem diferentes tipos de soluções de mobilidade especificamente pensadas para reduzir o risco de queda ao entrar e sair da banheira, assim como facilitar o acesso a diferentes pisos de uma casa.

Na Stannah, acreditamos que garantir a segurança em casa é fundamental para um envelhecimento ativo e saudável. Por isso, temos uma ampla variedade de equipamentos de mobilidade que visam melhorar a segurança dos mais idosos em casa e que incluem:

Para idosos que vivem na sua própria casa, uma scooter de mobilidade também pode ser um grande aliado na hora de vencer questões como o isolamento ou a solidão, pois com uma scooter a pessoa pode sair de casa e deslocar-se pelo passeio em total segurança, sem se cansar ou sentir dores nos joelhos.

Por último e, acima de tudo, é importante que os mais idosos (quer estejam num lar, centro de dia ou a viver na própria casa) abracem atividades que promovem o seu bem-estar e uma vida mais ativa e saudável, rodeados de toda a segurança e o conforto que merecem.